Público feminino na mira das construtoras

Mulheres tem poder de decisão na hora da compra, e empresas estão apostando em diferenciais nos empreendimentos para atrair esse forte público consumidor

Cada vez mais as mulheres ocupam uma posição melhor no mercado de trabalho e como chefe de família. Na hora da compra, a decisão feminina também está ganhando cada vez mais peso, e as empresas já identificaram esse forte público consumidor. Para escolher um imóvel, por exemplo, é a mulher quem tem o poder de decisão. Por meio de uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular, o mercado revelou essa tendência: o crescimento da renda e a independência das mulheres da chamada nova classe C.

Elas já correspondem a 20% do consumo do mercado. Recentemente a Incorporadora Mobyra lançou um empreendimento em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, voltado para o público da classe média. O Bosque Club Condomínio, que ocupa uma área de mais de 15 mil m2, com 10 prédios e 16 apartamentos cada e traz diferenciais para atrair o público feminino da nova classe brasileira.

O Espaço Mulher é uma das opções de lazer, oferece mais comodidade e privacidade à mulher. “Ele é quase um salão de beleza. A cliente pode arrumar o cabelo, fazer as unhas, massagem, pilates, enfim, tudo que a mulher precisa no momento dela”, detalha Rodrigo Guaracy, diretor da incorporadora. O profissional para atender fica por conta da cliente. Além disso, a infraestrutura do apartamento é pensada dentro dos anseios femininos, uma junção da imagem da mulher moderna e da dona de casa. “A sala ampla e a área de serviço integrada com a cozinha passa a impressão de amplitude. É também um espaço para receber mais adequado aos atuais papeis sociais da mulher”, observa Rodrigo.

Segundo o diretor, esse é o primeiro Espaço Mulher que a empresa lançou. “Uma equipe multidiciplinar formada pelo marketing, arquitetura, comercial e financeiro, pontuou os diferenciais interessantes para o público feminino. Buscamos então oferecer benefícios não só para família, mas, para a mulher também. Isso deu mais fundamentação ao projeto e mais opções para antes da decisão da compra”.

Antes dessa valorização da mulher na sociedade e da maior renda feminina, os diferenciais oferecidos para a mulher eram exclusivos dos empreendimentos de alto padrão. Nesses empreendimentos a atenção também se volta na decoração, peças, acabamentos e, especialmente, no closet, acompanhando as tendências. Hoje, a preocupação em conquistar as mulheres é de todo o setor, até na divulgação dos empreendimentos as empresas se valem de uma linguagem feminina, acompanhada de fotos bem ilustrativas e atraentes.

Publicado em Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *