Os benefícios de morar no Barreiro

Imagem panorâmica do Barreiro / Foto Marcelo Pinheiro

Quem sonha morar em um lugar em que é possível encontrar de tudo, desde escolas, comércio, serviços, até bares, restaurantes e várias opções de lazer, têm no Barreiro uma opção que alia toda essa infraestrutura à qualidade de vida. A região, que parece mais uma cidade, também é acolhedora – a escolha perfeita para quem deseja comprar ou alugar um imóvel.

O Barreiro é a segunda região mais movimentada de Belo Horizonte, perdendo apenas para o centro comercial da capital. Com 157 anos de idade, o local surgiu antes que a própria cidade. São mais de nove mil empresas de comércio e prestação de serviços, além de profissionais autônomos, shoppings centers e indústrias de pequeno, médio e grande porte que dão ao lugar um perfil de cidade.

Situado a15 km do centro de Belo Horizonte, o Barreiro tem 53 km² de extensão, possuindo ainda muitas áreas desocupadas que atraem novos moradores e empresas, impulsionando o desenvolvimento econômico do local.

Israel Vicente de Oliveira - Diretor da Habitte Imóveis

O sócio diretor da empresa Solid Negócios Imobiliários mora na região há 39 anos. Ele afirma que nada o faria mudar do Barreiro. “A vista que tenho da minha casa é maravilhosa. Além disso, tenho tudo que preciso bem perto da minha casa, como hospital, faculdade, supermercado, farmácia, padaria”, diz.

O acesso é fácil, pois diversas vias ligam a região ao centro da capital. As estações BH-BUS Barreiro e Diamante polarizam o transporte coletivo da região. Com cerca de 300 mil habitantes, 90 mil domicílios, 54 bairros, caso fosse emancipado, estaria entre as oito maiores cidades de Minas Gerais. O sistema de transporte integra linhas e estações de ônibus com o objetivo de agilizar o deslocamento e reduzir custos para os passageiros. No local, há duas estações interligadas ao sistema BHBUS, chamadas Barreiro e Diamante, que transportam mais de 100 mil passageiros diariamente. Mais de 30 linhas fazem a ligação entre os bairros e do Barreiro com outras estações e regiões, além da área central da cidade.

Israel Vicente de Oliveira, diretor da Habite, imobiliária localizada no bairro Betânia, é grande admirador da região. Segundo ele, o maior benefício de morar no Barreiro é a infraestrutura. “No momento é a região mais procurada pelos meus clientes o Buritis, que é um bairro que também tem uma grande demanda por imóveis”, assinala.

Escolas públicas e privadas, faculdades, hospitais, postos de saúde, rede bancária, shoppings centers, supermercados, bares, restaurantes e grandes redes de lojas estão espalhados nas principais vias da região, como nas avenidas Sinfrônio Brochado, Olinto Meireles, Afonso Vaz de Melo e na rua Visconde de Ibituruna, com as suas transversais.

Para quem gosta de cultura, a prefeitura mantém três centros culturais na região: Urucuia, Vila Santa Rita e Lindeia Regina. Todos possuem biblioteca e uma programação mensal de atividades bastante variada. Há também dois centros de apoio comunitário que oferecem oficinas e atividades culturais, esportivas e de lazer. Um está localizado na rua Pinheiro Chagas, 252, bairro Santa Helena, e o outro fica dentro do Parque das Águas, na avenida Ximango, 809, bairro Flávio Marques Lisboa. Dois centros esportivos também garantem aos moradores mais qualidade de vida e saúde. Um terceiro está sendo construído na avenida Senador Levindo Coelho, no Vale do Jatobá. Os campos de futebol da região também recebem manutenção periódica, como trocas de alambrado, capina, reforma e construção de vestiários.

Parque Estadual da Serra do Rola-Moça

Mesmo tendo uma atividade industrial e comercial ativa, o Barreiro também é dotado de diversas áreas verdes e nascentes. O Parque Estadual da Serra do Rola-Moça se destaca como terceiro maior parque em área urbana do país. O local abriga seis importantes mananciais de água que abastecem parte da Grande Belo Horizonte. O Ribeirão Arrudas, que corta a cidade, nasce nessa região, por meio da junção das águas das bacias do Jatobá, Barreiro e Bonsucesso, formadas por nove córregos que totalizam40 kmde extensão. Além disso, a Prefeitura mantém três parques com área verde e equipamentos de esporte e lazer: o Parque Roberto Burle Marx, conhecido como Parque das Águas e localizado no bairro Flávio Marques Lisboa, e os parques Teixeira Dias e Vila Pinho, situados nos bairros de mesmo nome.

Publicado em Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *