Tudo em cima: prateleiras de vários estilos

Fina sustentação

Os objetos parecem flutuar sobre as prateleiras da sala de TV projetada pelo arquiteto Gustavo Calazans. O segredo são as finíssimas chapas de aço de 4 mm de espessura, que suportam bastante peso. As lâminas foram dobradas para uma parte ser parafusada na parede e, assim, sustentar a estrutura, dividida em duas placas de 2 x 0,30 m, da Serralheria Bergara.


O improviso deu certo


Usada nos fins de semana, essa cozinha precisava de um suporte para louças. Com mãos-francesas de ferro batido e tábua de madeira, de 1,80 x 0,30 m, encontradas na reforma, o designer de interiores Guilherme Saggese e o arquiteto Jorge Nascimento idealizaram a prateleira. “Lixamos e instalamos a peça. Combinou tanto com o espaço que ficou para sempre”, conta Guilherme.


Efeito retrô

A cozinha deste apartamento foi desenhada para lembrar as antigas do tipo industrial. Por isso, a equipe do arquiteto Vitor Penha criou as prateleiras de aço inox escovado, de 1,66 x 0,30 m. “São higiênicas e deixam o visual claro”, diz Verônica Molina, coordenadora do projeto. Apoiadas em barras verticais, as peças são suspensas por mãos-francesas finas, feitas pela Ominia Inoxx. O armário tem pintura de gofrato azul L018. Objetos, da Spicy e da Doural.


Geometrias antimonotonia

A brincadeira com formas geométricas nas prateleiras retas quebrou a sisudez neste quarto de menino. Desenhadas pela arquiteta Vanessa de Barros, as peças de MDF em formatos de círculo e retângulo são envoltas por folhas de madeira composta tingida de azul. Já as prateleiras receberam laca branca. As estruturas são sustentadas por mãos-francesas Tucano, daKeyato Ferragens. A execução é da Marcenaria Guaçu. Cadeira, cestos e objetos, da Hits.


Simplicidade é a solução

Singela, a ideia da arquiteta Letícia Arcangeli surgiu como alternativa de menor custo para acomodar roupas no quarto de bebê. A prateleira, feita pela Santíssima Fé Marcenaria, ganhou um cabideiro de corda preso em ganchos com um nó. A peça de MDF com laca Memphis Yellow, da Sherwin-Williams, mede 2,04 x 0,50 x 0,03 m e é fixada na parede com ferragens invisíveis. Objetos, da Vanessa Guimarães, e livros, da Amoreira.


Modernas e leves

O banheiro compartilhado por dois irmãos tinha objetos pequenos a serem organizados. O projeto da arquitetaKika Camasmie partiu de um requadro na parede: ali foram embutidas prateleiras de MDF laqueadas, 2,30 x 0,20 m, com apoios nas laterais, produzidas pelaMarcenaria Varua. Quadros, da Urban Arts. Objetos, da Conceito Acessórios. Espelhos, Vallvé, e cremes,La Façon.

 


Organização colorida

O banheiro revestido de mármore piguês ganhou ar moderninho com as três prateleiras coloridas, desenhadas pela arquiteta Suzy Melo. Feitas de MDF pela Marcenaria Digon, as peças receberam laca nas cores amarela Y027, verde N058, cinza S157, branca e preta, todas da Sayerlack. Presas por suporte invisível Grapa, medem 0,73 x 0,18 x 0,03 m. Bandeja e objetos, da LS Selection, e escovas de madeira, da Vallvé. Toalhas e cremes, da Trousseau.

Fonte: Revista Casa e Jardim

Publicado em Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *