Conta de luz fica 6% mais barata em MG

A partir de domingo. Redução tarifária atinge 774 cidades. Para indústria, queda foi de 21,04%

Redução média será de 10,66% no Estado

As contas de energia em Minas vão ficar mais baratas a partir do próximo domingo (28). O reajuste foi anunciado ontem pela Cemig e vai atingir 774 cidades do Estado. Para as residências, a queda será de 6,03%. Já os consumidores do grupo B (baixa tensão), a redução atingirá 5,82%. Indústrias e comércios (média e alta tensão) terão preços 21,04% menores. Conforme a companhia, a redução média será de 10,66%.

Mesmo com a queda das tarifas, a Cemig enfatizou que a população deve ficar atenta ao uso racional da energia. Isso porque nos últimos anos o país enfrentou baixa dos reservatórios das hidrelétricas, principal fonte energética brasileira, e parte da demanda tem sido suprida pelas usinas térmicas, mais caras. E com a implantação do sistema de bandeiras tarifárias há dois anos, o custo da energia pode aumentar conforme o uso das estruturas. Neste mês, está em vigor a bandeira vermelha, com cobrança extra, nas contas de luz, de R$ 3 a cada 100 kWh de energia consumidos.

Os custos e investimentos repassados às tarifas são definidos pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Quando a conta chega ao consumidor, ele paga pela compra da energia (custos de geração), pelo transporte (custos de transmissão) e pela entrega (custos de distribuição), além de encargos setoriais e tributos.

Para o presidente da Cemig, Bernardo Salomão, a redução é expressiva e beneficia grande parte da população mineira. “A média de consumo mensal de uma residência no estado é 130 quilowatt-hora (kWh). Um cliente com esse consumo paga, hoje, cerca de R$ 105. Após a redução, a mesma fatura ficará em aproximadamente R$ 99”, justificou.

Fonte: METRO BH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *