Financiamento imobiliário: entenda como funciona a amortização da dívida

A forma que a maioria dos brasileiros encontra para adquirir a casa própria é o financiamento imobiliário. Hoje, as opções no mercado são diversas, e é possível escolher entre bancos ou outras instituições financeiras, construtoras etc. o que oferece as melhores linhas de crédito para seu caso. No entanto, mesmo sendo uma forma bastante segura de negócio, um dos contras dos financiamentos é o longo período em que se fica “preso” à financiadora.

COMO FUNCIONA A AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA NO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

As parcelas de um financiamento são compostas de uma parte principal, correspondente à divisão do valor que foi emprestado ao longo do tempo de financiamento, além dos juros e encargos, como seguros e taxas operacionais. A amortização é utilizada como um recurso de redução do saldo devedor de um financiamento e possibilita ao devedor deixar de pagar as taxas de juros e encargos que incidiriam sobre a quantia amortizada. Os financiamentos imobiliários costumam apresentar duas formas para o pagamento da dívida:

Tabela SAC: corresponde à modalidade de atualização da parcela e é a forma mais utilizada de financiamento. Nesta, o saldo devedor e os juros do financiamento, definidos no ato da contratação, são atualizados de acordo com a Taxa Referencial.

Tabela Price: corresponde ao sistema de parcelas fixas que apresenta taxas mais altas, já que não há índice de correção.

Amortização pelo FGTS

Muitas pessoas estão utilizando o FGTS para amortizar seu financiamento imobiliário. Mas esta opção requer cuidado, uma vez que se trata de uma espécie de reserva de emergência para situações como perda de emprego ou doenças graves. Do ponto de vista financeiro, esta é uma ótima solução, uma vez que o dinheiro no fundo rende apenas 3% mais que a Taxa Referencial. É importante, porém, preocupar-se em ter uma outra forma de reserva para situações emergenciais.

 

Fonte: Tecimob

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *